Uma esclerosada no Caminho - parte 1

01 . Mar . 2017   /  Emoções

Que caminho é esse que me fisgou de maneira tão forte? Pois é... Percorrerei aproximadamente 800 km, saindo de Saint Jean Pied de Port, no dia 02 de abril. Contarei hoje para vocês a minha preparação para a caminhada - vinculação à Associação, o que consta no meu enxoval e como farei com a medicação.

Embarco em 30 de março de 2017, no GIG - Rio de Janeiro, às 14h e 35min., rumo à Madrid, Espanha, onde ficarei hospedada em um apartamento que aluguei com duas amigas peregrinas, pelo Airbnb. Teremos dois dias para passear pelas ruas da Cidade. No dia 1º de abril embarcaremos em um trem ou ônibus (deixamos para decidir isso lá) para Pamplona onde terá um taxi nos esperando para nos levar até Saint Jean. Aí você pergunta: mas taxi? Por que não um ônibus? O taxi fica mais barato, uma vez que a corrida será divida entre mim e mais três peregrinos. Por falar em “mais barato”... sobre a grana...

Venho me preparando física e financeiramente para percorrer esse Caminho há um ano. Calculei um gasto diário de 50 euros, entre albergues, refeições, possíveis transporte da mochila, lavagem e secagem de roupa. Mas 50 euros por dia para sobreviver na Europa? Sim! Essa é uma viagem bem econômica. E se querem saber, não pretendo gastar os 50 euros, farei de tudo para ficar entre 30 e 40 euros/dia! Vocês acompanharão isso...

A minha programação é de 45 dias, sendo que 35 caminhando e 10 turistando. Evidente que isso pode mudar e dependerá de como o Caminho me fisgará para as caminhadas. Por isso essa folga de 10 dias.

Eu separei a minha viagem em três momentos financeiros:

1º - Euros para levar e usar enquanto estiver viajando

  1. Durante a caminhada – albergues, alimentação, eventuais transportes da mochila, lavagem e secagem de roupas
  2. Passeios
  3. Translados – trem, taxi, ônibus

2º - Enxoval

3º Passagem Aérea e Seguro Saúde

Mas... Como conheci essas amigas peregrinas que irão se hospedar comigo em Madrid e iniciar o Caminho no mesmo dia que eu? Na Associação dos Amigos e Peregrinos do Caminho de Santiago de Compostela no Brasil http://www.amigosdocaminhodesantiago.com.br/

Por que me vincular a uma associação? Independente de eu ter EM, como essa será a minha primeira viagem de uma caminhada longa e no exterior, sozinha, me senti protegida tornando-me membro de uma associação que acompanha todos os seus associados de perto. Fui bem criteriosa ao escolher me associar.  Além de um grupo no WhatsApp com peregrinos que estiveram, estão e ainda estarão no caminho, a associação tem suporte ao longo de todo o percurso. Antes de eu trocar de medicação, eu estava fazendo uso de uma medicação injetável, diária, e eles é que iriam ficar responsáveis pelo transporte da medicação. Agora isso não é mais necessário - estou usando comprimidos! Bom demais, não é gente?!

Por falar em medicação...

Usava, diariamente, o Acetato De Glatirâmer (Injetável). Essa medicação tem que estar refrigerada o tempo todo, saindo da geladeira apenas no momento da aplicação. Necessitava de um repouso de 30min. antes e 30min. depois de aplica-lo e isso me gerava conforto, uma vez que quando o líquido entra, arde um pouquinho. Nos cinco minutos que antecedem a aplicação eu colocava uma bolsa de gelo no local e também nos cinco minutos após da aplicação. Essa bolsinha foi fornecida pelo laboratório, bem como todo o material necessário para o uso da medicação, o que significa dizer que estava munida para o caminho, com tudo que é necessário para usar meu anjinho da guarda. Porém, não me adaptei bem à medicação, tive efeitos colaterais desagradáveis e junto com a minha neurologista querida, decidi trocar para o Fumarato de Dimetila. Dois comprimidos por dia, de 12 em 12 horas e... meus problemas diminuíram muitooooo....

Enxoval

No Caminho de Santiago, menos é mais! A mochila representa o desapego. Simbolicamente, aquilo que carregamos nas costas ao longo da nossa existência.  Colocarei aqui todo o meu enxoval e não se assustem com a quantidade de roupas... acompanho os peregrinos que estão no caminho e a minha lista foi um apanhado geral de outras tantas listas de amigos que já fizeram essa viagem... Quanto mais leve a mochila, mais fácil para carregarmos nosso peso! O aconselhável é uma mochila com 10% do seu peso corporal. Essa é apenas uma lista prévia. Quando eu estiver fazendo as malas filmarei a minha lista e arrumação para vocês acompanharem todo o processo e tudo o que estou levando de verdade...

Mochila Deuter 34l feminina

Bota Salomon Conquest GTX W

Saco de dormir Nautika Micron X-Lite

ROUPAS

2 camisetas UV line

2 blusas sem manga UV line

2 blusas de manga comprida UV line

2 tops

2 calcinhas

2 pares de meia coolmax

1 short

1 calça comprida com GTX

1 calça bermuda

2 calças e e blusas segunda pele

1 par de luvas

1 casaco corta vento

1 fleece

1 poncho para chuva

1 gorro

1 bandana (headwer multifuncional)

1 canga

BANHO

1 Toalha fralda de bebê

1 rolo de papel higiênico sem o papelão de dentro

Lenço de papel umedecido

Papete

Escova ou pente

Escova de dentes

Creme dental

Fio dental

Sabonete Lush (5 unidades)

1 Sabonete comum para lavar roupa

Desodorante

Protetor Solar

Condicionador para o cabelo

Repelente Exposis Extreme 100 ml

Creme nívea

Vaselina sólida

Base solar La Roche 50 AD

Rímel

Protetor labial

Baton

Lápis de olhos

MEU PERFUME!!!!! (peregrina sim, fedorenta jamais)

ACESSÓRIOS E EXTRAS

Kit primeiros socorros contendo: caixinha de costura, band-aid, gaze esterilizada, álcool 70, voltaren pomada, Alegra D. , Alginac 1000, advil, remédios pessoais, álcool gel

Óculos de sol

Mochilinha extra

Lanterna de cabeça

Gancho S p/ pendurar a toalha e a pochete com os documentos e dinheiro na hora do banho

Sacola de pano para roupa suja

6 alfinetes grandes de fralda

6 alfinetes pequenos de fralda

1 corda com 4 metros

1 canivete box

Mochila de hidratação

Vieira do Peregrino

2 bastões de caminhada

1 pedra para deixar no caminho

Celular

Carregador de celular

Agenda para anotações

Caneta

Pilhas extras

DOCUMENTOS

Passaporte

Certificado de Schengen

Seguro Saúde

Credencial do Peregrino

No próximo post falarei da minha preparação física e de como estou me cercando de cuidados, principalmente para encarar logo de saída os Pirineus, um monte que forma uma fronteira natural entre a França e a Espanha, com 3480 metros de altitude, na Serra Nevada. Mas calma aí... O que significa essa altitude? Veja bem, o Pico das Agulhas Negras, em Itatiaia, Rio de Janeiro, tem 2.791,55 metros de altura e o Pico da Neblina, que é o mais alto do Brasil, tem 2.994 metros, sem preparação física para encarar toda essa altitude fica bem difícil, não concordam?!

Até o próximo post!

Fonte: Claudia Barbeito

Tags: caminho de santiago , desafio , esclerose , viagem

mail link