Calor e sensibilidade à temperatura

10 . Dez . 2014   /  Sintomas

Visão geral

Muitas pessoas com EM vivenciam um agravamento temporário dos sintomas quando o tempo está muito quente ou úmido, apresentando até quadros de febre.

Atividades, incluindo banhos de sol, ficar superaquecido ao praticar exercícios, ou tomar banhos muito quentes podem ter o mesmo efeito. Por exemplo, algumas pessoas notam que a sua visão torna-se turva quando eles são superaquecidos - um fenômeno conhecido como sinal de Uhthoff.

Estas alterações podem resultar em efeitos temporários mesmo após um aumento muito rápido na temperatura corporal central (um quarto da metade de um grau).

A temperatura elevada dificulta ainda mais a capacidade de um nervo desmielinizados efetuar seus impulsos eléctricos.

O teste do “banho quente”

Durante muitos anos, foi utilizado o teste do “banho quente” para o diagnóstico de EM. A pessoa com suspeita de ter EM era imersa em uma banheira de água quente, e o aparecimento ou o agravamento de sintomas neurológicos era tomado como evidência de que a pessoa tinha EM.

Sintomas relacionados ao calor são temporários

É importante lembrar que o calor geralmente produz apenas um agravamento temporário dos sintomas. Ele não causa mais atividade da doença (desmielinização ou danos aos próprios nervos). Os sintomas geralmente passam rapidamente quando a fonte do aumento de temperatura é removida. Pessoas com EM que estão planejando se mudar para um clima muito quente devem tentar visitar em primeiro lugar; planos podem ter de ser alterados se o tempo agravar muito os sintomas da EM.

Estratégias para aliviar os efeitos do calor

• Mantenha-se em um ambiente com ar condicionado durante períodos de calor e umidade extrema. Se o ar condicionado for necessário para ajudar a minimizar os sintomas da EM, o custo deste equipamento pode ser dedutível se o seu médico prescrever uma receita para isso.

• Use produtos, tais como coletes, protetores de pescoço e bandanas, durante o exercício ou atividade ao ar livre, antes ou depois.

• Usar roupas soltas e leves, que deixem seu corpo respirar.

• Bebidas geladas como “frozens” ou picolés podem proporcionar um alívio temporário.

• Use um ventilador oscilante durante o exercício interior.

• Exercício em piscina fria (<85 graus).

Frio pode também ser um problema

Algumas pessoas com EM notam que os sintomas, particularmente a espasticidade, tornar-se pior no frio. Geralmente, é recomendado que as pessoas com EM que são sensíveis à temperatura tentem evitar extremos de quente ou frio. Qualquer pessoa que considere uma mudança para uma “melhor” clima deve visitar primeiro para ver se a mudança climática é, na verdade, benéfica.

 

Fonte: National MS Society. Traduzido livremente. Imagem: Creative Commons.

mail link